10 dicas para começar o home office com o pé direito. Foto: Jelena - Adobe.

10 dicas para começar o home office com o pé direito

Com o crescimento do coronavírus ao redor do mundo, milhões de cidadãos tiveram que dirigir seu trabalho ao home office.

Alguns profissionais já adotam a prática há anos, outros estão tendo essa experiência pela primeira vez.

 Trabalhar em casa engloba diversos benefícios, mas também seus pontos negativos, e nesse caso, a maioria deles dependem de você e de algumas decisões que poderão mudar totalmente seu desempenho, energia e até saúde ao final dessa experiência.

E foi pensando nisso, que trazemos a você 11 dicas para ter um trabalho produtivo em home office.

Vamos lá?

A primeira é bastante lógica mas poucos a aplicam:

 1. Exercite-se durante o período que seria o seu trajeto para o trabalho

Trabalhar em casa influencia nossa mente a ter comportamentos preguiçosos, no entanto, liberar um pouco de endorfina e líquidos ao fazer uma breve atividade, contribuirá significamente para o seu dia começar muito melhor trabalhando em casa.

 Tendo isso em mente, aproveite um tempo pela manhã, que você geralmente gastaria se locomovendo até o seu trabalho, ou ao menos parte dele, para se exercitar um pouco.  

 Você não precisa sair de casa. Hoje, com a internet, é possível encontrar videoaulas em plataformas, além de apps que te auxiliaram com essas práticas de acordo com sua preferência e nível de capacidade física.

2. Escute podcasts

Geralmente, no ambiente formal de trabalho estamos acostumados com a troca de ideias com os colegas, com o telefone tocando e pessoas transitando.

Acontece que, em casa, por diversas vezes, o silêncio pode reinar e como você já está acostumado, pode ser que sinta falta de algo que não sabe o que é e que te deixa mais produtivo.

Então, uma de nossas dicas é ouvir podcasts. Assim, você se sentirá menos sozinho.

3. Troque experiência com outros home officers

Há diversas pessoas que se deparam com a extrema quantidade de distrações e barulho trabalhando em casa. Por outro lado, há quem se veja em total solidão e silêncio.

De início, isso pode se apresentar de forma bastante agradável, mas para pessoas extrovertidas e comunicativas, com o tempo, pode ser estranho e solitário.

Além dos podcasts, conversas com outros amigos que também estão passando pela experiência pode ser muito agregador.

 Descubra quem mais dos seus conhecidos está em casa e converse sobre! 

Não há nada mais gostoso que encontrar pessoas que nos entendem e se identificam com alguma fase da vida que estamos passando, não é mesmo?

 Com o home office, não é diferente!

 4. Saia do Twitter, Instagram, facebook ou qualquer que seja sua rede social favorita

Em casa, você está livre dos olhares cuidadosos de seu chefe e colegas de trabalho e isso poderá facilitar o acesso prolongado às redes sociais. 

 Se isso se tornar um hábito diário, será muito mais difícil de se desacostumar. Portanto, o ideal é estabelecer regras com você mesmo em relação ao acesso desde o início.

5. Evite a interrupção de familiares e/ou colegas com quem você divide a casa

Mesmo que seus familiares, cônjuge e roommates dividam esse espaço de moradia com você, é essencial que eles entendam que, ao menos por enquanto, ele também é seu escritório.

 Ter silêncio para se concentrar e um espaço só seu será essencial para que você consiga focar em suas atividades.  

 Converse com as pessoas sobre o tempo diário que você vai precisar para realizar essas tarefas, se for necessário, tranque a porta do espaço para não ter interrupções ou dilemas externos.  

6. Tome banho e troque de roupas

Isso pode parecer uma prática bastante óbvia e higiênica, mas você ficaria surpreso em como ficará mais concentrado no trabalho, ao tomar banho antes de iniciar as atividades. 

Até mais que se fosse ao escritório, como de costume.

 Faça o teste!

 Não é preciso vestir um jeans, camisa ou roupa social. A não ser que lhe seja exigido por seu cargo. Todavia, tirar o pijama e por roupas apropriadas ajudam seu cérebro a entender que é momento de trabalhar.

 7. Imponha limites em seu próprio benefício

Muitas pessoas podem achar que por você  fazer home office, de forma definitiva ou temporária, não necessita ter  tanta seriedade e comprometimento, no que diz respeito a horários, tarefas e por aí vai.

Em razão disso, tendem a acreditar que “trabalhar em casa” significa “não trabalhar” e acabam pedindo favores, ajuda, telefonando e mandando mensagens frequentes com questões para serem respondidas de imediato em horário comercial.

Para resolver essa questão, assim como você educa seus clientes, eduque também seus amigos e familiares, com respostas formais do tipo: “trabalho até as seis”, “depois do meu horário de trabalho nos falamos mais”, “no meu horário de almoço te mando”, “logo que eu terminar meu horário de trabalho vemos isso juntos”, sempre de forma cordial, é claro.

Hábitos como esse tendem a funcionar com muito sucesso.

Está gostando dessas dicas? 

Então não deixe de acompanhar mais 4 delas em nosso post a seguir.